SJ News - шаблон joomla Авто

 pontotransp

faixa jubileu grande2

DomJoaoWilk2015
BrasaoDJW
Dom João Wilk é Franciscano Conventual (OFMConv. - Ordem dos Frades Menores Conventuais), Província de São Maximiliano Maria Kolbe - Brasília - DF.
Nascimento: 18 de setembro de 1951 - Seroczyn, Polônia.
Profissão Religiosa: 03 de outubro de 1974 - Assis (Itália).
Ordenação Sacerdotal: 24 de junho de 1976 - Assis (Itália).
Nomeação Episcopal: 28 de janeiro de 1998.
Ordenação Episcopal: 04 de abril de1998 - Formosa - GO.
Tomada de Posse: 04 de abril de 1998 - Formosa - GO.
Nomeação para Anápolis - GO: 09 de junho de 2004.
Posse em Anápolis - GO: 14 de agosto de 204.

Lema: "Ut Amor ametur" ("Para que o Amor seja amado").

 

Residência:   
Rua Bernardo Sayão, Qd. I - 01
Vila Nossa Senhora D'Abadia
75120-675 ANÁPOLIS - GO
Caixa Postal 178 (CEP 75010-970)
Fone: (62 3313.1868)
Site: www.diocesedeanapolis.org.br  
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Cúria: 
Rua Engenheiro Portela, Qd. I, Lt. 01Vila N. Sra. D'Abadia75120-673 ANÁPOLIS - GO
Caixa Postal 178 (CEP 75001-970
Tel.: (62) 3329.3400
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 CURRICULO DE VIDA

Dom Frei João (Jan Kazimierz) Wilk, filho de José e Regina, nasceu em Seroczyn (província Siedlce) na Polônia aos 18 de setembro de 1951. Aos 14 de outubro de 195,1 foi batizado na Paróquia da Exaltação da Santa Cruz, em Seroczyn, diocese de Siedlce. Foi também aqui que crescia e desenvolvia, no seio da família e da comunidade paroquial, a vida religiosa, por meio da catequese, recepção dos sacramentos da Reconciliação, da Eucaristia, da Confirmação e já iniciara o serviço ao altar como coroinha (ministrante).

Nos anos 1958-65 freqüentou a Escola do 1º grau em Lazow. Em 1965, entrou na Ordem dos Frades Menores Conventuais, iniciando os estudos do 2º grau e sua formação religiosa e franciscana conventual no Seminário Menor, em Niepokalanów (Polônia). Era o tempo do regime comunista. Para convalidar o curso, em Otwock, diante da Comissão Examinadora do Ministério de Ensino fez a prova final de todas as matérias e, no dia 28 de junho de 1969, recebeu o diploma do 2º grau.

Em seguida (1969-70), iniciou um ano de noviciado em Lodz-Lagiewniki (Polônia) sob a direção do Frei Agostinho Januszewicz, mestre do noviciado (atualmente Bispo Emérito de Luziânia – GO e Missionário em Juruá, Prelazia de Tefé na Amazônia), terminando com a primeira profissão temporária aos 06 de setembro de 1970.

Nos anos 1970-73, no Seminário Maior dos Frades Franciscanos Conventuais, em Cracóvia, iniciou o curso de filosofia e teologia. Após a beatificação de Maximiliano Maria Kolbe, foi enviado para estudar no Seraphicum - Pontifícia Faculdade de Teologia de São Boaventura, em Roma (Itália), onde concluiu o curso com o diploma de Bacharel em Teologia, aos 28 de junho de 1975.

Em 3 de outubro de 1974 emitiu os votos perpétuos na Basílica de São Francisco em Assis, onde também foi ordenado sacerdote aos 24 de junho de 1976.

 Devido que o seu passaporte, emitido pelo governo comunista da Polônia, permitia-lhe sair do pais uma só vez, tinha que passar cinco anos sem visitar a Pátria. O tempo das férias dedicava para estudar e aperfeiçoar outras línguas. Assim, em julho - agosto de 1975, fez o curso básico da língua alemã no Goethe-Institut em Radolzfell, e, no ano seguinte, o Curso médio no Goethe-Institut, em Grafing (München).

Nos anos 1975-77, na Pontifícia Faculdade de Teologia de São Boaventura fez a especialização teológico-cristológica, obtendo a Licença em Teologia aos 28 de junho de 1977.

Durante a estadia na Itália, amadureceu a sua decisão de ir ao Brasil para reforçar a recém-criada Missão Católica do Bem-aventurado Maximiliano Kolbe. Sua partida para o Brasil foi planejada para o final do ano 1977. Fez o curso de língua portuguesa em Coimbra, Portugal, e, finalmente, chegou ao Brasil no dia de São Francisco de Assis - 4 de outubro de 1978. Integrou a comunidade dos franciscanos conventuais do Jardim da Imaculada, na vizinhança de Brasília, que estava dando seus passos iniciais. 

No início, foi responsável pela animação vocacional. Organizou primeiros encontros vocacionais e ajudou na redação dos primeiros números da revista Cavaleiro da Imaculada; e, como vigário paroquial, na pastoral das Paróquias: Santo Antônio, da Cidade Ocidental, e São Pedro Apóstolo, no Pedregal. Construiu a Capela de São João Batista, no Jardim Planalto. 

Em 1981, foi nomeado pároco da Paróquia Santo Antônio, na Cidade Ocidental. Preparou o projeto e iniciou a construção da igreja matriz. 

Em 1982, foi transferido para Ceilândia, Setor P-Norte, onde assumiu a Paróquia dos Evangelistas São Marcos e São Lucas. Aqui também construiu a igreja matriz. 

Aos 28 de junho de 1986, foi eleito, pelo capítulo Provincial, na Polônia, Custódio Provincial da Custódia Provincial de São Maximiliano Maria Kolbe no Brasil. Em 1989, foi reeleito para segundo triênio. 

Durante seu mandato, organizou juridicamente a Missão Kolbe, as Edições Kolbe, o Seminário Maior São Francisco de Assis e começou a construção do Seminário da Custódia, ao lado da Paróquia São Francisco de Assis, em Brasília. 

Após a eleição episcopal do Dom Frei Agostinho Januszewicz, bispo de Luziânia - GO, no dia 29.03.1989, assumiu a redação da revista Cavaleiro da Imaculada e, nos anos 1990-1992, obrigado pela necessidade, na prática, foi o reitor do Seminário São Francisco. 

No Capítulo Custodial de setembro de 1992, quando deixou o cargo de Custódio Provincial, foi eleito o guardião do convento Jardim da Imaculada, Diretor das Edições Kolbe, nomeado Diretor Nacional da Milicia da Imaculada, continuando com redator chefe da revista. Em outubro de 1995 foi reeleito para o novo quatriênio. Dedicou todo este tempo para melhorar o conteúdo e aspecto gráfico do Cavaleiro da Imaculada, bem como as instalações da redação e da gráfica das Edições Kolbe. 

Durante esse tempo continuava como professor no Seminário São Francisco de Assis e no IFITESB - Instituto de Filosofia e Teologia de São Boaventura, no Curso Superior de Teologia para Leigos, da Arquidiocese de Brasília, e no Albertinum - Curso de Teologia para Leigos da diocese de Luziânia. 

Como sacerdote franciscano, sempre aberto e atento às necessidades, dedicava se ao serviço pastoral, à direção espiritual e à pregação de retiros e palestras. 

Em 1993, a Comunidade P-Norte (Ceilândia-Brasília) da Ordem do Mérito Pioneiro, Conferiu-lhe o grau de "Pioneiro Emérito". Em 1994, a Câmara municipal da Cidade Ocidental homenageou-o com o título honorífico de "cidadão ocidentalense" do recém emancipado município e cidade para onde veio, há quase vinte anos, como missionário. 

No dia 28.01.1998, Sua Santidade o Papa João Paulo II, nomeou-o Bispo da vacante Diocese de Formosa - GO. 

No dia 04.04.1998, foi sagrado Bispo da Santa Igreja, na catedral diocesana de Formosa, pelo Dom José Freire Falcão, Arcebispo Metropolitano de Brasília - DF. No mesmo dia tomou posse como segundo Bispo Diocesano de Formosa.

 Conheça a "Palavra do Bispo" 

 

 

 


 

Liturgia

  
Liturgia diaria   Liturgia das Horas

Calendário

Calendario dioc   Curso noivos