SJ News - шаблон joomla Авто

 pontotransp

faixa jubileu grande2

doutrina-2

Vida nova em Cristo

A palavra “batismo” significa mergulho. Este é o primeiro sacramento pelo qual Deus concede a um ser humano a vida divina (vida nova). Aceita uma pessoa como seu filho. Purifica-a do pecado original e de todos os outros pecados, caso seja adulta. Assim se dá o início da vida cristã. Esse sacramento é indispensável para receber os outros sacramentos como Crisma, Confissão, Eucaristia etc.

 Quem pode ser batizado?

Toda pessoa que manifestou esse desejo. Porém, no caso do adulto é necessário que se faça uma preparação apropriada que levará o candidato ao conhecimento de Deus, do compromisso batismal e dos princípios da fé. Assim preparado, o candidato se compromete a viver como filho de Deus e testemunha de Jesus Cristo. No caso da criança, o Batismo é conferido a pedido dos pais católicos, batizados e praticantes. Deve-se adiar, porém, o batismo de crianças dos pais que vivem no “contrato civil” ou “amigados”, sem uma causa justa. Por quê?

A Igreja costuma batizar as crianças, oferecendo-lhes a possibilidade de viver na graça de Deus logo depois do nascimento. Criança pequena porém, não entende nada do que o batismo é, por isso os pais (e padrinhos) encarregam-se de levá-la até o encontro pessoal com Jesus Cristo, através da educação, catequese e exemplo de vida cristã e sacramental. No entanto, se os pais não forem casados ou forem “não-praticantes”, eles conseqüentemente, não são capazes de cumprir essas exigências. Então, nesse caso cessa a razão principal que motiva batizar a criança.
Importância do Batismo.

O batismo não deve ser retardado sem necessidade. As crianças de idade maior (com o uso da razão), não podem ser batizadas sem uma catequese apropriada, conforme o costume da paróquia. O sacramento do Batismo deve ser realizado na paróquia onde residem os pais que também aí, farão a sua preparação. Se desejarem batizar a criança em outra paróquia, devem pedir a transferência da paróquia onde residem, após terem feito a preparação.
Batismo de emergência

No caso do perigo de vida, os pais ou, qualquer outra pessoa pode e deve batizar uma criança, ou um adulto com a água. Derramando a água na cabeça vai dizer: “N... (diz o nome), eu te batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém”. Se a criança (ou adulto) sobreviver, deve-se levá-la(o) na sua Paróquia para a anotação no Livro dos Batizados e complementação da cerimônia.
Padrinhos

Deve-se escolher os padrinhos aptos a ajudar aos pais na formação cristã e humana de seu filho. Devem possuir as seguintes qualidades: ser católicos (batizados e praticantes), fazer a preparação para o batismo (o curso), ter ao menos 16 anos de idade.

 

 

Liturgia

Formacao liturgica2    Canto liturgico    Folheto dominical