SJ News - шаблон joomla Авто

 pontotransp

faixa jubileu grande2


Ministro da confissão e tempos penitenciais

8. Em circunstâncias ordinárias na celebração desse sacramento o sacerdote utilize os paramentos indicados no Ritual: túnica e estola roxa ou hábito talar com sobrepeliz e estola roxa (salvo os privilégios das Ordens Religiosas e circunstâncias extraordinárias). 

9. Os ministros da Reconciliação são bispos e sacerdotes. Celebrem o sacramento conforme o Ritual da Penitência e usem a fórmula canônica de absolvição indicada pelo mesmo Ritual.

10. O tempo penitencial por excelência é a Quaresma. Durante este período, faça-se uma catequese mais intensa sobre o sacramento da Reconciliação, aconselhando o povo a não esperar que chegue a Semana Santa. Promova-se as Celebrações Penitenciais, conforme o Ritual aprovado. É louvável a prática da inter-ajuda entre os sacerdotes da mesma Região Pastoral (os “mutirões” de confissões), onde as pessoas possam vivenciar este sacramento através de uma Celebração Penitencial comunitária, com a confissão e a absolvição individuais.

11. Também durante o Advento, tempo de preparação para a celebração do mistério da Encarnação no Natal, a penitência faz parte dessa preparação. Portanto, ofereça-se aos fiéis uma catequese penitencial e se promova mais intensamente a prática da confissão, inclusive os “mutirões” de confissões.

12. Os fiéis sejam incentivados e motivados a se confessarem em preparação a outros sacramentos.

Liturgia

Formacao liturgica2    Canto liturgico    Folheto dominical