SJ News - шаблон joomla Авто

 pontotransp

faixa jubileu grande2


Princípios e normas gerais sobre o Sacramento da Eucaristia

01. A Igreja, em obediência à ordem de Jesus, recomenda vivamente aos fiéis que participem da Ceia do Senhor, memorial de sua morte e ressurreição. Os fiéis devem ser orientados e preparados para receberem o Pão Eucarístico toda vez que participam da celebração da Eucaristia, embora exista a obrigação de comungar pelo menos uma vez por ano, no tempo pascal (cân. 920, §§1e 2).

02. Qualquer batizado, não proibido pelo direito, pode e deve ser admitido à Ceia do Senhor e participar da mesa da Sagrada Comunhão (cân. 912). Se alguém tem consciência de ter cometido o pecado grave, não deve comungar sem antes receber a absolvição no sacramento da Penitência (Cat., 1415; cf. cân. 916). Se por motivo grave não haja oportunidade de se confessar, é obrigado a fazer um ato de contrição perfeito, que inclui o propósito de se confessar quanto antes (cân. 916).

03. Não podem receber a Eucaristia pessoas sob excomunhão, interdição e persistência em pecado grave manifesto (cân. 915).

04. Amasiados e divorciados que contraíram nova união não podem ser absolvidos e não podem receber a Comunhão Eucarística (CIC, 1650). Esses casais procurem a sua paróquia para serem acompanhados pelo pároco, quanto às sua vida religiosa e participação na comunidade paroquial.

05. Quem vai receber a Eucaristia abstenha-se de alimentos e bebidas, exceto água e remédio, ao menos uma hora antes da comunhão (cân. 919, §1).

- Pessoas idosas e enfermas e as que cuidam delas podem comungar, mesmo que tenham tomado alguma coisa na hora que antecede (cân. 919, §3).

- Sacerdotes que celebram duas ou três Missas no mesmo dia podem tomar alguma coisa antes da segunda ou terceira celebração, mesmo que não haja espaço de uma hora (cân. 919, §2).

Liturgia

  
Liturgia diaria   Liturgia das Horas

Calendário

Calendario dioc   Curso noivos